Sessão de Biblioterapia: "Não te rendas" de Mario Benedetti

31 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários


Não te rendas


Mario Benedetti


Não te rendas, ainda estás a tempo
de alcançar e começar de novo,
aceitar as tuas sombras
enterrar os teus medos,
largar o lastro,
retomar o voo.
Não te rendas que a vida é isso,
continuar a viagem,
perseguir os teus sonhos,
destravar os tempos,
arrumar os escombros,
e destapar o céu.
Não te rendas, por favor, não cedas,
ainda que o frio queime,
ainda que o medo morda,
ainda que o sol se esconda,
e se cale o vento:
ainda há fogo na tua alma
ainda existe vida nos teus sonhos.
Porque a vida é tua, e teu é também o desejo,
porque o quiseste e eu te amo,
porque existe o vinho e o amor,
porque não existem feridas que o tempo não cure.
Abrir as portas,
tirar os ferrolhos,
abandonar as muralhas que te protegeram,
viver a vida e aceitar o desafio,
recuperar o riso,
ensaiar um canto,
baixar a guarda e estender as mãos,
abrir as asas
e tentar de novo
celebrar a vida e relançar-se no infinito.
Não te rendas, por favor, não cedas:
mesmo que o frio queime,
mesmo que o medo morda,
mesmo que o sol se ponha e se cale o vento,
ainda há fogo na tua alma,
ainda existe vida nos teus sonhos.
Porque cada dia é um novo início,
porque esta é a hora e o melhor momento.
Porque não estás só, por eu te amo.


BENEDETTI, Mario. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1988.

0 Comentários:

Livros e poesias para combater a ansiedade e a depressão

26 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários

Fonte da imagem: Pixabay.


O poder terapêutico da literatura é surpreendente. Naqueles momentos em que somos tomados pela tristeza, a ansiedade e o desgosto, ler livros e poesias pode ajudar a transformar os sentimentos, emoções e pensamentos.


Graças às letras podemos compreender nosso próprio estado de ânimo e melhorar nosso comportamento de forma profunda pois, de alguma forma, podemos nos encontrar nas folhas de uma boa história ou de uma bela poesia.

O cérebro tem a capacidade de experimentar o que lemos e de empatizar com as palavras que nos ajudam a dar nome e a expressar o que acontece dentro de nós. Este fato foi documentado de forma profusa desde a época grega dourada.

É curioso como Aristóteles já percebeu isso há vários séculos quando nos convida a realizar reflexões sinceras e expressivas sobre aquilo que as pessoas com o dom da escrita colocavam em palavras. De forma semelhante, em 1904, Kafka fez esta reflexão na sua Carta a Oskar Pollak:

“Se o livro que lemos não nos desperta como um punho dando um soco no crânio, para que lê-lo? Para que nos faça feliz? Meu Deus, também seriamos felizes se não tivéssemos livros, e poderíamos, se fosse necessário, escrever nós mesmos os livros que nos tornassem felizes.
Mas o que devemos temer são esses livros que se precipitam sobre nós como o azar e que nos perturbam profundamente, como a morte de alguém que amamos mais do que a nós mesmos, como o suicídio. Um livro precisa ser como um pico de gelo que quebra o mar congelado que temos dentro de nós”.


Os livros são um doce remédio que nos aproxima da “cura”



A literatura é um doce remédio que nos aproxima da “cura”, pois muitas vezes nos permite normalizar e validar como nos sentimos, assim como raciocinar de forma correta e saudável.

Encontrar exemplos que nos permitem arrancar a nossa própria dor é uma benção terapêutica profundamente coadjuvante no processo de melhoria e de “cura emocional”. Em parte porque educa e nos ajuda a compreender o que acontece.

Isto é, nos dá ferramentas e recursos para estimular nossa lucidez em momentos de bloqueio. Tendo isto em mente, a associação The Reading Agency e a Society of Chief of Librarians resolveram selecionar e compilar os melhores livros e poesias para combater a ansiedade e a depressão.

Trazemos aqui alguns dos elementos dessa listagem que vai desde o “Manual para se sentir bem” de David D. Burns, até “Breve história do mundo” de Ernst H. Gombrich, passando por outras obras de humor como as do autor Bill Bryson.

‘As aventuras de Tom Sawyer’, de Mark Twain. A curiosidade e a vontade de aventura desta história promovem a exploração e a vontade de alcançar alguma coisa diferente na vida.

‘O Pequeno Príncipe’, de Saint-Exupèry. Seja o momento que for das nossas vidas, sempre é possível tirar excelentes ensinamentos de amor, amizade e vida interior.

‘Diário de um corpo’, de Daniel Pennac. Este livro fala da dor, do medo, da morte, da doença e de outros tantos sofrimentos com os quais podemos nos identificar.

‘O mundo de Sofia’, de Jostein Gaarder. Este livro maravilhoso nos incentiva a continuar caminhando e a criar interesse pelos diversos aspectos das nossas vidas íntimas.

‘Vidas Alheias’, de Emmanuel Carrère. Aqui são narradas várias histórias que nos ajudam a compreender as diferentes realidades com as quais nos relacionamos, considerando o fato de que cada pessoa tem uma história que precisa ser levada em conta.

‘O homem em busca de sentido’, de Viktor Frankl. Um clássico que ajuda você a refletir de forma profunda sobre a sua vida e as dificuldades com as quais é preciso lidar.

‘Os patinhos feios’, de Boris Cyrulnik. Uma vida complicada não implica se afundar, sempre é possível seguir adiante: este é seu ensinamento e o fiel princípio que permeia a resiliência do ser humano.

‘A mulher que não queria amar’, de Stephen Grosz. Aqui são narradas histórias de pacientes que resolveram seus problemas.

‘Manual para se sentir bem’, de David D. Burns. Este livro apresenta um tratamento não farmacológico para a depressão.

‘Breve história do mundo’, de Ernst H. Gombrich. Uma autêntica reflexão sobre a transformação da história e sua implicação nas nossas vidas.

‘Não te rendas’, de Mario Benedetti. Este poema promove o fortalecimento emocional de que todos precisamos em momentos de desamparo.

Concluindo, a literatura pode ser tremendamente transformadora. Por quê? Porque através dela conseguimos organizar o caos e a desordem interna que reina em nós após momentos ruins ou episódios traumáticos.


Por todos estes motivos, recomendo que você não perca a informação que lhe ofereço neste artigo, pois um bom livro ou uma bela poesia pode fazê-lo reconhecer, aliviar e curar, com o passar do tempo, a dor emocional que em certos momentos o envolve em um mar congelado.

0 Comentários:

Como criar um clube de leitura?

24 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários


No vídeo de hoje, vamos descobrir como criar um clube de leitura em apenas sete passos!


0 Comentários:

Sessão de Biblioterapia: "O Cântico da Terra" de Cora Coralina

17 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários


Novo quadro do canal: Sessão de Biblioterapia!


No vídeo de hoje, apresentamos "O Cântico da Terra" de Cora Coralina.

O CÂNTICO DA TERRA

Eu sou a terra, eu sou a vida.
Do meu barro primeiro veio o homem.
De mim veio a mulher e veio o amor.
Veio a árvore, veio a fonte.
Vem o fruto e vem a flor.
Eu sou a fonte original de toda vida.
Sou o chão que se prende à tua casa.
Sou a telha da coberta de teu lar.
A mina constante de teu poço.
Sou a espiga generosa de teu gado
e certeza tranqüila ao teu esforço.
Sou a razão de tua vida.
De mim vieste pela mão do Criador,
e a mim tu voltarás no fim da lida.
Só em mim acharás descanso e Paz.
Eu sou a grande Mãe Universal.
Tua filha, tua noiva e desposada.
A mulher e o ventre que fecundas.
Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.
A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.
Teu arado, tua foice, teu machado.
O berço pequenino de teu filho.
O algodão de tua veste
e o pão de tua casa.
E um dia bem distante
a mim tu voltarás.
E no canteiro materno de meu seio
tranqüilo dormirás.
Plantemos a roça.
Lavremos a gleba.
Cuidemos do ninho,
do gado e da tulha.
Fartura teremos
e donos de sítio
felizes seremos.


CORALINA, Cora. Poemas dos becos de Goiás e Estórias mais. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1965.




E ainda dá tempo de participar do sorteio do livro "Fundamentos de Biblioterapia". Veja as instruções de como participar no vídeo: https://youtu.be/DLAmJaPRj1U

Acompanhe as novidades do Ateliê da Biblioterapia:
- Site: https://www.ateliedabiblioterapia.com/
- Facebook: https://www.facebook.com/ateliedabiblioterapia
- Curso Online: https://www.udemy.com/praticas-em-biblioterapia/
- E-mail: contato@ateliedabiblioterapia.com

Um fraterno abraço e até mais! 

Ana Cláudia Leite

0 Comentários:

Biblioterapia e o gosto pela leitura

10 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários


A Biblioterapia, como a leitura terapêutica que visa o desenvolvimento do potencial humano, oferece muitos benefícios, pois ao nos depararmos com diferentes histórias, diferentes personagens ou diferentes culturas, podemos ver o mundo com outros olhos.

Dessa forma, a leitura pode promover o nosso bem estar, nos ajudar a descobrir novas formas de sentir e pensar, aumentar nosso nível de motivação. E tudo isso nos leva ao nosso autoconhecimento pela reflexão!

Mas nem todos possuem esse gosto pela leitura ou não sabem como desenvolver isso. Nem todas as pessoas tiveram a oportunidade de crescer em um ambiente familiar que estimulasse a leitura desde a infância ou então dizem estar sem dinheiro, sem tempo (trabalham muito, estudam, tem outras atividades)

Então, por onde começar?

No vídeo de hoje, apresento sete dicas simples de como dar os primeiros passos nessa jornada tão incrível que é a leitura.
E ainda dá tempo de participar do sorteio do livro "Fundamentos de Biblioterapia". Veja as instruções de como participar no vídeo: https://youtu.be/DLAmJaPRj1U

Acompanhe as novidades do Ateliê da Biblioterapia:
- Site: https://www.ateliedabiblioterapia.com/
- Facebook: https://www.facebook.com/ateliedabiblioterapia
- Curso Online: https://www.udemy.com/praticas-em-biblioterapia/
- E-mail: contato@ateliedabiblioterapia.com

Um fraterno abraço e até mais!
Ana Cláudia Leite

0 Comentários:

Reportagem do JC Regional

07 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários


O lançamento do livro "Fundamentos de Biblioterapia" foi tema de reportagem do Jornal JC Regional.

Confira a reportagem.




0 Comentários:

Citações e curiosidades - Jun/2019

05 julho Ateliê da Biblioterapia 0 Comentários







0 Comentários:

Festa de lançamento do livro “Fundamentos de Biblioterapia”

03 julho Ateliê da Biblioterapia 1 Comentários

Hoje, tenho uma imensa alegria em contar como foi o lançamento do meu livro Fundamentos de Biblioterapia. Então, assista esse vídeo, que no final eu tenho uma surpresa bem legal pra você!





No dia 25 de junho, a Associação Pirassununguense de Aposentados (APA) me recebeu com todo o carinho para o lançamento do meu livro “Fundamentos de Biblioterapia”. Esse livro apresenta os conceitos básicos da Biblioterapia e a sua leitura é indicada para bibliotecários, contadores de história, mediadores de leitura, terapeutas, professores, jornalistas, pedagogos, psicólogos e demais profissionais que almejam conhecer os princípios da Biblioterapia.

E eu quis fazer um lançamento diferente, não em uma livraria ou algo do tipo, mas em uma roda de Biblioterapia. Assim, eu escolhi a APA, por ser um local que é muito enriquecedor para os idosos, com atividades lindas como o projeto A Arte de Jogar Xadrez, que é coordenado pelo meu pai Alfredo Leite e que busca a estimulação cognitiva e interação social dos idosos por meio do xadrez. Porque, assim como o xadrez nesse projeto não é apenas um jogo de xadrez, a leitura na Biblioterapia não é apenas uma leitura. Ambos buscam a transformação pessoal.

Fizemos uma roda, conversamos sobre a leitura, a Biblioterapia, lemos poesia de Cora Coralina... Foi muito gostoso. Durante e ao final da dinâmica, ouvimos muitas histórias emocionantes, incluindo a da dona Doralice que disse que Cora Coralina tem um significado muito importante em sua vida (tanto que a sua neta tem o nome de Coralina em sua homenagem) e se alegrou muito quando lemos uma de suas poesias.

Um livro foi doado para a biblioteca da APA, sendo entregue diretamente para o Sr. Mario Inforzatto, presidente da APA. E outro livro foi sorteado entre os participantes do encontro e a premiada foi a Dona Heloisa, que por coincidência também trabalha com Biblioterapia.

E depois ainda tivemos uma linda festa, com direito a bolo de aniversário para os aniversariantes (Seu Janes, Dona Fumie, Dona Marlene e Dona Elizete) ao som do canto e violão do Seu Carlindo. Foi bem divertido!

Lembrando agora de como foi o evento e todo o processo para a publicação do meu livro, o que eu tenho a dizer é: gratidão! Eu preciso agradecer todo o carinho e apoio das pessoas envolvidas. Esse encontro foi um momento muito especial, onde pude estar com a minha família (que eu amo tanto!) e com amigos, que compartilham dessa ideia de contribuirmos para um mundo melhor, seja por meio de nossos pensamentos, sentimentos, palavras ou ações de amor.

Eu agradeço do fundo do coração a todos que tornaram possível mais esse projeto e informo que o livro já está disponível nas principais livrarias do país e todas as informações podem ser consultadas diretamente no meu site que é o www.ateliedabiblioterapia.com.

E, como eu prometi, tenho uma surpresa bem legal para você: vou sortear um livro entre os meus seguidores. Para participar, basta acessar o nosso canal de Youtube, curtir esse vídeo, se inscrever no canal e escrever nos comentários do vídeo a frase “eu quero participar do sorteio”. Simples, né!?

O resultado do sorteio será divulgado no primeiro vídeo de agosto! Então, boa sorte!


Um fraterno abraço e até mais! 
Ana Cláudia Leite





1 Comentários: